A impotência e seus problemas

A impotência e seus problemas

Exercícios especiais de relaxamento e aquecimento podem ser úteis durante o sexo e são naturais e eficazes. Em particular, esses exercícios serão úteis para homens com problemas de disfunção erétil.

Dessa maneira, pode ajudar um casal a melhorar a compreensão e a confiança mútuas. Isso aumentará a auto-estima de um homem com impotência psicológica.

Esses exercícios não são muito intensos, gentis, calmantes e especialmente emocionantes. Faça estes exercícios com seu parceiro no quarto, desligue o celular e toque música sensual.

-Sem prazer: tire suas roupas. Sente-se para que seu parceiro possa acariciá-lo e beijá-lo, de uma maneira suave e doce, das pernas à cabeça. Então levante-se e continue a beijar e acariciar. Cuidado, evite tocar os dedos dos pés e os órgãos genitais. Concentre-se e sinta-se bem ao ser tocado. Então é sua vez de acariciar seu parceiro.

– Prazer genital: quando você está completamente confortável e relaxado, ele começa a tocar os órgãos genitais, mas não penetra. Se a tensão sexual resultante de uma ereção for incontrolável, peça ao seu parceiro para começar a se masturbar.

– Coito limitado: continue a desfrutar dos prazeres genitais que você sente até estar pronto para começar a etapa final. Aproveite o tempo que você precisa e aproveite cada segundo.

Deficiência funcional, não orgânica.

Quando não há doença que explique a incapacidade, a impotência é considerada funcional e isso ocorre em 60% dos casos. A função sexual está intimamente ligada ao psiquismo e, como resultado, qualquer aumento no sexo pode ter um efeito; Dessa maneira, estresse, fadiga, depressão, conflito entre parceiros ou qualquer outro problema que sufoque o homem pode levar à impotência. “Falhar” no sexo se torna um trauma obsessivo para alguns, o que apenas piora a situação; então a deficiência pode se tornar um problema real, mesmo que inicialmente não seja. Ter ereções durante o sono à noite significa que não há lesão neurológica ou cardiovascular e que existem razões psicogênicas por trás da falta de ereção.

O tratamento da impotência é complexo. Obviamente, quando existe uma razão, ela deve ser tratada e, em alguns casos, o tratamento pode ser psicológico, hormonal e cirúrgico; Pode haver distúrbios vasculares ou fibrose do membro que não podem ser resolvidos pela prótese peniana, mas isso deve ser considerado como a última opção, após todas as outras vias terem falhado. A introdução de ativadores florestais também foi usada para induzir a ereção pela auto-injeção de corpos feridos, mas isso também pode representar vários riscos,

Leia também: Libid Gel funciona

É por isso que o sildenafil (Viagra) criou uma ótima visão, o que levou a evitar esses tratamentos. A vida sexual é essencial para a qualidade de vida de pessoas que não têm relações sexuais freqüentes e satisfatórias devido à idade, problemas vasculares ou outras doenças. Mas isso não significa que o Viagra seja um afrodisíaco que pode ser tomado sem aviso prévio. É um medicamento que aumenta a capacidade de liberar substâncias liberadoras e espalhadores de madeira, não apenas no pênis, mas também em outros órgãos ou cinzas; portanto, pode causar complicações e efeitos colaterais em algumas pessoas. Também houve várias mortes relacionadas ao uso deste produto.

É sempre necessário tomar Viagra após o diagnóstico do médico e o problema exato da impotência do paciente após um diagnóstico completo da causa. Em princípio, e o prospecto do Viagra diz que é apropriado tratar qualquer tipo de impotência, mas as respostas podem ser de várias maneiras e a falha do medicamento e a falta de resposta também ocorrem em porcentagem.

Leave a Reply